Fraturas

 

 

Início
Acima
Sangramento

       

 

PROCEDIMENTOS DE EMERGÊNCIA PARA FRATURAS

 

    Realmente, existe muito pouco a ser feito por pessoas leigas para reparar danos aos ossos, músculos e tecidos conectivos. O máximo a ser feito é tentar identificar a natureza do ferimento, solicitar socorro médico e procurar não deixar a situação piorar. Todas as fraturas e deslocamentos requerem tratamento profissional imediato. Existem vários tipos importantes de fraturas:

 

1. Fechada

 

É uma fratura ao longo do osso. A pele permanece intacta.

 

2. Exposta 

 

É uma fratura composta envolvendo abertura da pele causada pelo próprio ferimento ou internamente pelo osso fraturado.

 

3. Múltiplas

 

São diversas linhas de fraturas no osso que podem ser abertas ou fechadas.

 

4. Simples

 

 

 

São fraturas que não se prolongam no osso. Elas ocorrem somente em crianças jovens porque os ossos ainda não estão completamente rígidos. Este tipo de fraturas pode parecer, em um primeiro momento, que é um mau jeito ou uma contusão severa, com muita dor. O diagnóstico deve ser confirmado através de outros exames.

 

    Toda fratura ou suspeita de fratura requer cuidados médicos. Exames adequados para determinar a natureza precisa do ferimento e o realinhamento do osso por um profissional médico são essenciais. A tarefa da pessoa leiga é levar a vítima ao hospital o mais rápido possível, movimentando o mínimo a parte lesionada. Isto normalmente requer uma imobilização parcial.

 

    O principal objetivo desta imobilização é evitar um aumento da lesão e da dor.. A imobilização deve incluir, se possível, as articulações acima e abaixo da parte lesionada. Se possível, gelo deve ser colocado sobre a área lesionada para evitar o derramamento interno de líquidos.

 

    No caso de suspeita de fraturas, o seguinte procedimento é sugerido:

1. Assegure-se de que a vítima esteja respirando. Caso negativo, tente aplicar algum procedimento de respiração auxiliada e chame uma ambulância.

2. Observe os cuidados relativos a choque traumático.

3. Assegure-se de que a cabeça, espinha dorsal ou pescoço não foram lesionados. Caso positivo, mantenha a vítima imóvel e chame uma ambulância.

4. Se existe uma fratura exposta, aplique suavemente panos ou roupas limpas sobre a área lesionada para tentar estancar o sangramento. Não tente empurrar de volta ou realinhar o osso fraturado.

5. Não faça mais nada se a ambulância está por chegar. Fique com a vítima e não a mova.

6. Independentemente, se você estiver levando a vítima ao hospital ou esperando por socorro médico, não dê nada à vítima pela boca, seja alimento, água ou medicação.

7. Se você vai transportar a vítima ao hospital, imobilize a área fraturada o melhor possível. Use o que estiver disponível: Madeiras, jornal enrolado, travesseiro, etc .... Tenha bastante atenção quando for o caso de fratura exposta.

 

 

(Clique aqui para enviar seus comentários)

 

 

Copyright © 2005 Safety & Security Ltda
Fone: 5521-2262-0899
safety@safety4aviation.com